INVESTIGAÇÃO

CRESCIMENTO EXPONENCIAL

 

A investigação científica sobre a meditação mindfulness tem tido um crescimento exponencial nas últimas décadas.

 

Este interesse da comunidade científica resulta dos benefícios que esta prática tem demonstrado em vários contextos da sociedade, sobretudo na área da saúde física e mental e na educação.

 

Veja alguns exemplos abaixo.

 

1/3
BEM-ESTAR,
SAÚDE FÍSICA E MENTAL

 

  • Redução do stress (1, 2)

  • Melhoria da imunidade (3, 4, 5)

  • Maior regulação emocional e resiliência (6, 7, 8, 9)

  • Melhoria do controlo da dor (10, 11)

  • Melhoria do padrão de sono (12, 13)

  • Maior a qualidade de vida (14, 15, 16)

  • Melhoria da saúde mental - depressão e ansiedade (17, 18, 19, 20, 21, 22, 23)

  • Redução da tensão arterial (24, 25, 26)

  • Reabilitação de doentes com AVC (27)

  • Redução de enxaquecas (28)

  • Redução de sintomas cutâneos da psoríase (29)

  • Atraso do envelhecimento celular (30)

  • Controlo de distúrbios alimentares (31)

  • etc.

TRABALHO E RELACIONAMENTO INTERPESSOAL

 

  • Maior concentração (1)

  • Maior criatividade (2, 3)

  • Maior eficácia na gestão de conflitos (4)

  • Maior capacidade de empatia (5, 6)

  • Maior eficiência e vigor laboral (7, 8)

  • Menor sobre-identificação/autocentramento

  • etc.

NEUROCIÊNCIA

 

  • Maior atividade do córtex prefrontal esquerdo (ligado a sentimentos de bem-estar, otimismo e felicidade)

  • Aumento da massa cinzenta do hipocampo (ligado à memória contextual e visuo-espacial)

  • Aumento da massa cinzenta do córtex cingulado posterior (ligado à mediação das interações entre as emoções e a memória)

  • Inibição da amígdala cerebral (ligada ao stress e à reação de "luta e fuga")

  • etc.

2020 Centro de Mindfulness e Vida Plena ®